relações e complicações

Sinto muitas saudades das relações que tinha na minha vida antiga.
Nunca fui uma pessoa muito social...demorei bastante tempo até confiar plenamente nos que me eram mais próximos, e agora questiono-me: será que fiz bem em sequer confiar?
Nos últimos dois anos criei relações que achava serem, de certo modo, únicas, extraordinárias, insubstituíveis...nos dois últimos meses provaram-me o contrário. Eu era apenas mais uma pessoa nas suas vidas, descartável.

Disseste-me que poderia sempre contar contigo, que estaríamos lá uma para a outra...porque é que sinto que isso nunca foi verdade? Não consigo falar contigo, não consigo abrir-me contigo, é quase como se o teu desinteresse fosse palpável...estaria errada ao desabafar, parece que estou a mais na tua nova vida. Sinto ciúmes daquela que é agora o teu braço direito, sinto raiva que não é tanto a ti direcionada, sinto-me desamparada, desesperada, desregulada, desanimada e descontinuada. Pertenço ao passado, a minha vida estagnou e não tenho forças para continuar sem alguém do meu lado, que me guie, que me impulsione. Foste a melhor e a pior coisa que me aconteceu porque me fizeste acreditar que eu conseguia e porque desapareceste quando me decidi a tentar.

Comentários

Mensagens populares